''Quando me amei de verdade, comecei a me livrar de tudo que não fosse agradável para mim: pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou isso de egoísmo. Hoje sei que se chama amor-próprio. ''

sábado, 11 de junho de 2011

Dia dos namorados

Dias dos namorados é o dia mais fofo do ano. É o dia que os cavalheiros presenteiam suas damas com flores, é o dia dos restaurantes lotados, das lojas fartas de consumidores, do salão de beleza a todo vapor, das decorações de coraçãozinho e muita, muita música romântica no rádio. A rua fica calma. Todos apaixonados querendo dar o melhor ao seu parceiro.  Ai que inveja desses casalzinhos de mão dadas na rua. Estou sozinha em casa vestida com uma camisola já antiga, erolada em um edredon. Digitando. Uma pilha de livros para estudar em cima da mesa, prova segunda-feira. Comendo um macarrão instantâneo de galinha. Com olho cumprido no celular. Será que eu ligo agora ou espero mais um pouco? Meu 'namorido' está em um casmento de um amigo em outra cidade, bem longe daqui. Que dia horrivel para se casar? Que idéia foi essa? Ai que saudade do meu 'pitchuco'. Já com longas conversas carinhosas durante o dia, fico aqui, ansiosa para receber o boa noite.
Como é bom namorar, dormir juntinho. Fazer carinho, cafuné, dar beijinhos, chamar de meu bem,meu gatinho, lindinho, pitchuco, fofurinha. É  muito bom ter alguém para compartilhar a vida, dar boas risadas, dar colo, receber colo. É muito bom amar e ser amada.
Eu quero esse amor para a vida inteira.

2 comentários:

  1. Precioso post, un grato placer leerte.
    te dejo mis saludos y deseo
    tengas un feliz fin de semana.
    un abrazo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...